A MÚSICA BRASILEIRA ESTÁ EM CRISE?

Esse é um tema muito frequente em rodas de conversas onde o assunto envolve música. Mas será mesmo que os “grandes compositores” estão extintos ou apenas longe dos veículos de mídia? uma coisa é certa, atualmente o mercado fonográfico publica aquilo que se torna mais rentável para ele. Isso aborda outro fator, o econômico! existem casos onde bandas tem que pagar para poder se apresentar ou ter suas músicas tocadas em rádios, tendo como consequência um mercado repetitivo e sem oportunidades para outros estilos.

Mas o fato de não aparecer de maneira explicita não quer dizer que esteja morta. graças aos avanços tecnológicos e a facilidade em se trabalhar com a internet, vários artistas vem apostando nessa ferramenta como válvula de escape e uma boa forma de divulgar seus projetos. O Youtube, por exemplo, se tornou uma grande vitrine de músicos independentes, gerando um alcance maior que muitos programas de tv. E os sites de músicas tomaram o lugar das lojas de CD.

A”música boa” nunca esteve extinta, cabe a nós, direcionarmos nossos ouvidos para o outro lado da “coisa” e procurarmos a fundo os trabalhos da nova geração que vem se destacando a cada ano que passa sem ninguém se dar conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.