Gone lançará ”Nada é Impossível”, primeiro EP da banda

Na estrada desde 2015, a banda de Paudalho- PE, formada por Léo Oliveira (vocal), Douglas Cavalcanti (Guitarra), Diego Santos (Guitarra e Teclado), Wanderson Silva (baixo) e Júlio César (bateria), está na produção do seu primeiro EP: “Nada é Impossível”, que já tem duas músicas lançadas; Mundo Divergente e Imensidão (2018).

O EP será composto por quatro músicas: Mundo Divergente, Imensidão, A Vida Ensina e Nuvens. O lançamento das duas faixas restantes está previsto ainda para o primeiro semestre desse ano (2019). Até lá, você pode conferir os trabalhos já lançados no Canal do YouTube da banda.

Ficou curioso(a) para conhecer mais sobre a Gone? Então se liga no papo maneiro que a equipe do Vitrola teve com os músicos!

Quem compõe as músicas, e quais são as influências da banda?
– O Principal compositor é o nosso guitarrista Douglas Cavalcanti (Douglas Gone). A banda tem como suas principais influências: Fresno, Nx0, Cazuza, Esteban Tavares, Rosa de Saron, Pink Floyd.

 Sabemos que uma banda independente passa por inúmeras dificuldades, entre elas; a de divulgar o seu trabalho. Para vocês,qual o maior desafio que tiveram que enfrentar até hoje?
– Nosso maior desafio até os dias de hoje, sem sombra de dúvidas, é relacionado a equipamento. Não temos  retorno suficiente vindo da música, e o pouco que entra, investimos tudo nas gravações do nosso EP. Sempre houve essa carência de equipamentos, com um bom funcionamento e uma excelente qualidade. Diríamos que o melhor momento é o atual, e mesmo assim, ainda sentimos uma grande necessidade de equipamentos melhores, tanto para ensaios quanto para apresentações.

Conta pra gente um pouco dos projetos futuros da Gone
– Nossa principal meta no momento é gravar um e/ou até mesmo, dois videoclipes das duas próximas músicas que finalizam nosso EP. Estamos super focados e empenhados para fazer tudo isso acontecer. Sem contar que já estamos ensaiando novas músicas, compondo bastante e já iniciamos a pré-produção do nosso primeiro CD. Já estamos debatendo e concretizando. O tiro já foi dado para a largada!

Como surgiu o nome da banda? 
– O Nome da banda surgiu devido a uma música lançada pelo guitarrista mundialmente conhecido, Mark Tremonti (Creed, Alter Bridge, Tremonti), que se chama “GONE”. Daí, o nosso guitarrista Douglas Gone curtia muito a música no tempo, e gostava do nome. A partir daí, ele teve a curiosidade de ver o significado da palavra, que significa: FOI, VAI…. Daí, ele fez a referência do significado da palavra, com uma grande dificuldade que a banda passava de nunca conseguir manter uma formação que vingasse. Aí, com o intuito de conseguir esse feito (que pelo visto, tá dando super certo), o nome foi aceito pelos demais, e faz a seguinte referência: que dessa vez a “Banda Vai”, no sentido de dar certo e se fixar com uma formação.

 O que motiva a Gone a continuar fazendo esse trabalho ?
– O que mais nos motiva é ver que realmente existem pessoas que gostam da gente, que nos apoiam verdadeiramente e são  nossos fãs fiéis. Se não fosse todo esse apoio da galera que vão em nossos shows, compartilham nossas músicas e sempre estão antenados em nossas redes sociais, talvez não teríamos chegado nem na metade de tudo que já construímos até agora.

Não deixe de acompanhar a Banda nas Redes Sociais, assim você fica por dentro de todas as novidades!
Facebook
Instagram